colegiorainha@servita.com.br (21) 3392-0284 / 3392-7102 / 3392-8588

A internet veio para ficar. Por mais que o uso indiscriminado da rede traga inegáveis malefícios para o aprendizado, sobretudo entre jovens, o recurso é também uma potente ferramenta de estudo, quando bem utilizado. Mais que excluir essa realidade incontornável em nossas vidas que é a tecnologia, importa, portanto, aprender a domar seu uso. É sobre isso este texto.

Os pedagogos dedicados a pensar a educação digital falam quase em uníssono: os jovens não podem ser cerceados do contato com o celular e com a internet. É por essa relação que se aprende o seu bom uso. E as vantagens são grandes: a potencialidade e a rapidez de pesquisa, o volume de informações, a capacidade de orientação oferecida pelos gps, além de aplicativos como calculadoras e editores de texto.

Há, contudo, que se ter cuidado. Não apenas com as chamadas fake news, abundantes hoje em dia e que servem mais à desinformação do que à formação, mas também com o abuso do mundo digital. Recorrer sempre à calculadora e aos sítios de pesquisa pode atrapalhar o desenvolvimento de habilidades preciosas como a memória e o raciocínio matemático. Por outro lado, o uso excessivo de redes sociais pode tomar tempo que poderia ser usado para o aprendizado do conteúdo escolar.

A melhor forma de evitar os transtornos oriundos do abuso da internet é, por conseguinte, o bom e velho controle parental. Preste atenção na rotina de seu filho. Ele passa muito tempo conectado à rede? Diminua o uso, regulando horários e finalidades. É com auxílio dos pais que a criança pode potencializar seu desenvolvimento em um mundo cada vez mais conectado.